O que é e como funciona o sistema TEF?

AdilsonGestão Financeira, Posto de CombustívelDeixe um Comentário

O-que-e-e-como-funciona-o-sistema-TEFO-que-e-e-como-funciona-o-sistema-TEF

TEF é um sistema que permite a Transferência Eletrônica de Fundos, o que significa que esse sistema trabalha com o intuito de fazer transações e transferências financeiras de forma eletrônica.

Ele funciona como uma solução de vendas eletrônica e que permite que a compra através de um cartão de crédito ou débito seja efetivada.

A comunicação das transações eletrônicas entre os servidores acontecem juntamente às operadoras de cartão de crédito / débito.

De forma resumida, TEF é uma solução de vendas integrada, que descarta a necessidade de o empreendedor ter várias maquininhas de cartão.

Isso melhora e muito o controle das vendas por meio do registro automático de dados no sistema de gestão da empresa.

Atualmente, os cartões são extremamente comum e muito utilizados pelo comércio, principalmente devido ao grande volume de vendas contínuo.

Justamente por conta do uso comum e geral dos cartões de crédito, é que foi criada a TEF.

Quer saber mais sobre? Continue conosco.

Quais são e para qual finalidade são utilizados os tipos de TEF?

Existem alguns tipos de TEF.

Portanto, cabe a você, gestor de posto de combustível, descobrir qual deles é o mais recomendado para você, suas necessidades e para o porte da sua empresa.

Essa escolha também depende do seu fluxo de vendas. Postos com grande fluxo de vendas, por exemplo, podem preferir uma solução mais rápida.

Vamos então conhecer os tipos de TEF;

  • TEF discado: Consiste na utilização de computadores e PinPads que são conectados a linhas telefônicas.
  • POS: Consiste em terminais de pontos de venda dos cartões de créditos que são independentes dos computadores, na qual eles se conectam com a linha telefônica.
  • TEF IP: Faz uso de computadores e PinPads que são conectados a uma Rede Privada Virtual (VPN) e utilizam da mesma
  • TEF discado: Este tipo de TEF consiste na utilização de linhas de computadores e PinPads na qual são conectados a conexão X-25, que são apresentadas por meio das operadoras de telefonia.

Qual a diferença entre os tipos de TEF?

A grande diferença entre os diversos tipos de TEF se dá na resposta de permissão da utilização do cartão.

Ou seja, os TEFs Dedicados e o TEF IP atuam de forma majestosa na resposta da permissão da utilização dos cartões, pois não utilizam a discagem por meio da linha telefônica para se conectar com a sua central.

Isso faz com que a venda se torne mais rápida, efetuada em pouco tempo, o que também agiliza e muito o atendimento.

Em geral, soluções independentes de linha telefônica possuem vantagens, pois apresentam a resposta imediata, proporcionando um equilíbrio entre o benefício e o custo.

Quem está obrigado a utilizar a TEF?

Contribuintes ou usuários de ECF (Escrituração Contábil Fiscal) na qual operam com o cartão de crédito ou débito automático por meio de uma conta corrente são obrigados a utilizar a TEF.

Vamos então entender melhor o que é ECF:

ECF é a sigla para Escrituração Contábil Fiscal que substitui a Declaração de Informações Econômico-Fiscais da Pessoa Jurídica desde 2014.

São obrigadas ao preenchimento da ECF todas as pessoas jurídicas, inclusive imunes e isentas, sejam elas tributadas pelo lucro real, lucro arbitrado ou lucro presumido, exceto:

  • I – As pessoas jurídicas optantes pelo Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições devidos pelas Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Simples Nacional), de que trata a Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006;
  • II – Os órgãos públicos, às autarquias e às fundações públicas;
  • III – As pessoas jurídicas inativas de que trata a Instrução Normativa RFB nº 1.536, de 22 de dezembro de 2014;

Nos termos da Instrução Normativa RFB nº 1536, de 22 de dezembro de 2014, considera-se pessoa jurídica inativa aquela que não tenha efetuado qualquer atividade operacional, não operacional, patrimonial ou financeira, inclusive aplicação no mercado financeiro ou de capitais, durante todo o ano-calendário.

O que está vedado na legislação para os usuários da Escrituração Contábil Fiscal?

  • Recursos que possibilitam o contribuinte a não emitir seu comprovante
  • Possuir circuito que controle mecanismo impressor
  • Utilização de equipamentos

A empresa que não implantar as soluções TEF dentro do prazo determinado em um documento pode acabar recebendo multa e apreensão dos equipamentos que foram utilizados nos desacordos com a legislação.

Por que usar um sistema de Transferência Eletrônica de Fundos?

A utilização de um sistema de TEF pode ser extremamente útil não só pelo viés do Posto como também para o consumidor.

Entenda o porque com estas 4 razões pelas quais seu posto de combustível, independentemente do tamanho, deve adotar um sistema de transferência eletrônica de fundos:

1. Flexibilidade no pagamento
Este é um dos principais motivos para adotar uma TEF e a razão é óbvia: os consumidores possuem o costume de pagar com seus devidos de cartões de crédito e débito.

Isso quer dizer que, se você não oferecer esses meios de pagamentos, está em desvantagem perante ao mercado.

Evite que o consumidor desista da compra no último minuto.

Os cartões de crédito e débito fazem parte do nosso dia a dia.

2. Proteção contra fraudes
Este é um benefício de extrema importância e é uma forte razão para adotar um sistema TEF.

Com ele, é possível eliminar os riscos de erros na hora de registrar o valor a ser pago na maquininha de cartão.

Isso porque os valores são introduzidos de maneira automática, descartando a possibilidade de fraudes ou erros de digitação no momento das cobranças.

3. Segurança e facilidade na compra
Esse é justamente o motivo de força maior pelo qual as compras com cartão são cada vez mais feitas.

A compra acontece de forma muito mais segura e com comodidade não apenas para o vendedor como também para o consumidor.

Justamente por esta razão, a TEF é a melhor forma que existe de proporcionar de fato segurança na compra para os seus clientes.

4. Melhor controle financeiro
Implementar uma TEF em seu posto de combustível garante diversos pontos positivos, mas o principal deles é que se torna uma forma de manter um controle de vendas bem mais rigoroso.

Ela permite a integração com suas questões bancárias com dados referentes a suas vendas.

Assim, as informações podem ser registradas diretamente na ferramenta de gestão utilizada na empresa.

É importante usar a tecnologia ao seu favor, caso contrário, o processo de controle de vendas fica dependente dos recibos e se torna muito mais suscetível a erros, já que a conferência das transações precisa ser feita manualmente através de papéis, correndo o risco de perder alguns deles.

Com a TEF Expert, isso deixa de ser uma preocupação, ela oferece diversas vantagens, como:

  • Aceita mais de 180 tipos de cartões, incluindo vale alimentação;
  • As transações são efetuadas em 4 segundos;
  • Permite a venda de recarga de celulares;
  • Impressão de cupons direto na pista de abastecimento;
  • Links dedicados disponíveis 24h por dia;
  • Pode ser usado em um ou mais pontos de venda (PDV);
  • Atende todos os níveis de segurança exigidos pelos padrões internacionais;
  • Tem baixo custo de investimento.

Aproveite e conheça o TEF XPert. Ele facilita suas vendas reunindo as melhores bandeiras de cartões de crédito e débito do mercado em uma só máquina. Simples e totalmente integrado.
Guia completo: Escolhendo o software ideal para o seu posto de combustível

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *