O que é melhor? Montar ou comprar um Posto de combustível?

AdilsonAtendimento, Gestão, Gestão Financeira, Posto de CombustívelDeixe um Comentário

O que é melhor? Montar ou comprar um Posto de combustível?

Entre comprar um posto de combustível completo ou montar um do zero, qual é a melhor opção?

Muitos empreendedores ficam na dúvida na hora de investir e a grande verdade é que não existe uma resposta pronta.

É preciso analisar uma série de fatores, em busca do melhor custo-benefício.

Em alguns casos pode ser vantajoso comprar um posto. Em outros, a vantagem está em montar um do zero.

O que levar em consideração na hora de investir ou montar um posto?

São muitos itens e fatores que devem ser levados em conta na hora de investir no segmento de postos de combustível.

Entre eles está o valor total de investimento, seja para a compra de um posto pronto ou para a montagem do zero.

Outro ponto a ser observado é o equipamento disponível. Sem fala na questão do público (clientes do posto) e fornecedores.

Falaremos sobre cada um desses itens, apontando as vantagens de desvantagens de construir do zero e comprar pronto.

Investimento

Construir um posto do zero é muito mais caro, pelo menos em termos de investimento inicial, do que comprar um posto em funcionamento.

O valor de investimento deve levar em conta não apenas o custo para com a aquisição, seja do posto completo ou dos materiais para a sua montagem.

Deve incluir também o valor a ser pago aos funcionários nos primeiros meses de funcionamento e o capital de giro.

Quando o investidor decide pela compra do posto completo, o valor é único e o peso no bolso é menor.

Agora, construir um posto demanda um investimento absurdo.

Dificilmente o investidor poderá começar as atividades assim que terminar a montagem, uma vez que terá que pensar no capital de giro e funcionários.

Mas esse não é o único ponto a ser observado na hora de tomar a decisão.

Equipamento e Público

Os equipamentos de um posto já em uso podem estar naturalmente desgastados, o que é uma grande desvantagem para o investidor.

Isso é ainda pior quando o investidor leva gato por lebre.

A falta de pesquisa e avaliação dos equipamentos antes de fechar a compra pode gerar dor de cabeça depois.

Esse problema pode ser resolvido através de uma sondagem mais delicada.

Vale a pena avaliar o posto, os equipamentos, a garantia e o tempo de vida útil de cada um deles, bem como o custo para substituição, quando for necessário.

Outro ponto diz respeito ao público do posto de gasolina.

Postos já em funcionamento possuem um público fidelizado, que pode ser aproveitado pelo empreendedor ao comprar o estabelecimento.

Um posto novo, por outro lado, é desconhecido no mercado.

O trabalho para atrair clientes e fidelizar cada um deles pode ser muito maior. Ponto para a compra de um posto completo e em funcionamento

Fornecedores

Por fim temos a questão relativa aos fornecedores.

Muitas vezes, na fase de negociação, é possível preservar os fornecedores dos donos anteriores, com condições diferenciadas e preços mais acessíveis.

Geralmente os fornecedores cobram valores mais elevados em contratos firmados com gestores e empresários com postos recentes no mercado.

Isso porque os novos postos precisam demonstrar segurança e estabilidade antes de conseguirem melhores ofertas e contratos.

A possibilidade de manter os fornecedores do posto é uma grande vantagem competitiva. Economia que pode ser sentida no bolso.

Como você pode ver, existem vários fatores que influenciam na hora de investir.

Não é tão simples decidir entre comprar um posto ou montar um posto do zero.

Avalie todos esses pontos com atenção, faça uma boa pesquisa de mercado e compare os preços antes de fechar a negociação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *